Sob divina direção

“Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome” (Salmos 23:2, 3).

As histórias da Bíblia são tão claras: Deus procura pessoas dispostas a saírem de sua zona de conforto.
Pense nas histórias: Moisés guiando um povo no deserto, Gideão assumindo a liderança, Maria entregando-se para gerar o Filho de Deus.
A verdade é que nosso conforto é uma mera ilusão, podemos sentar como expectadores até que o impacto das mudanças nos alcance ou podemos nos adaptar rapidamente sob a liderança divina e desfrutarmos da aventura de segui-lo.
Quando o povo de Israel entrou na terra prometida, Deus lhes disse que deveriam seguir a Arca à distância: “Haja contudo, entre vós e ela, uma distância de dois mil côvados; e não vos chegueis a ela, para que saibais o caminho pelo qual haveis de ir; porquanto por este caminho nunca passastes antes” (Josué 3:4).
Seguiam à distância, pois era um caminho novo, por onde nunca tinham passado.
Deus muitas vezes nos guia por caminhos onde nunca estivemos antes e quando isso acontece devemos confiar na sua direção e continuar caminhando.